POST MORTEM



De quem é essa imagem?
(abre a porta)
- Querido, sabia que até a minha cabeleireira acredita em vida após a morte?
- E que vida é essa que vocês levam antes da morte?
- Ela disse que as minhas unhas e os meus cabelos vão continuar crescendo mesmo quando o meu corpo estiver morto!
- Então do que adianta todo esse regime!
- Não é o corpo que cresce, são as unhas e o cabelo! (...) Quero pelo menos ter o direito de morrer magra!
- Do jeito que usa esses produtos nas mãos e na cabeça é provável que nunca emagreça, mesmo depois de enterrada!
- Olha aqui querido, não me venha com essas suas ideais malucas não!
- Vamos abrir uma porta maior aqui na sala, não quero ver um caixão saindo pela cozinha!
- Esta outra vez dizendo que estou gorda?
- Eu não disse isso querida!
- Agora está insinuado que estou ficando louca é?
- Para com isso, os vizinhos vão ouvir!
- Só o que me faltava, agora está me chamando de histérica!
- Eu só disse que precisamos abrir uma porta maior na sala... Seria desagradável um caixão sair pela porta da cozinha!
- Está dizendo que vou morrer primeiro?
- Não querida, você não vai morrer! Não foi isso...
- Ah, então de uma hora para outra passou a acreditar em vida após a morte?
- Você está passando dos limites!
- Estou cansada de limites... de medidas... Se eu não vou morrer, como você mesmo disse, não vejo problema nenhum em seu caixão sair pela porta daquela cozinha!

(bate a porta)

Comentários

Bruno disse…
huahauhauhauauah .... muito bom ... Você é demais ... ler seus textos é motivante ...Beijo grande
Emilie S. disse…
ele está falando com a mulher morta que já está no caixão? LoL

p.s.: já anotei a sua sugestão. pode deixar que quando fizer o conto,eu aviso.
Blog Emilie Escreve
TaTa disse…
Homens, idiotas.
Nós, idem.

Comica verdade sobre coisas que são ditas e as outras que são entendidas.
Vida após a morte?
Por enquanto procuro vida na vida mesmo, enquanto fotografo post mortem.
kkkkkk, me fez rir este texto... Como cada pessoa interpreta o que foi dito pela outra...Muito legal mesmo! Abraço.
P. Pensativa disse…
Muito Legal. Gostei.
Odair Ribeiro disse…
Ri, sim! Sorri, mas muito inteligente o texto!

Muito bom mesmo! rsrsrs estou rindo ainda, pois parece que já estive naquelas cenas hhhee.

Abração!
Que encanação! Mas afinal... existe ou não existe?
Curtindo seus textos e desopilando o fígado.
Abraços e Boas Festas!